Sífilis

O que é sífilis?

A sífilis é uma IST comum causada por um tipo de bactéria. A sífilis pode ser difícil de detectar e é uma das infecções sexualmente transmissíveis mais fáceis de contrair. Se não for tratada, pode causar graves problemas de saúde tanto em homens quanto em mulheres.

Como se contrai sífilis?

Você pode contrair sífilis ao entrar em contato direto com uma ferida de sífilis; ao fazer sexo anal, oral ou vaginal sem proteção; ao praticar anilingus, usar os dedos para estimulação sexual ou compartilhar brinquedos sexuais e através do contato genital íntimo. Saiba como preveni-la.

 

A sífilis se espalha mais através do contato entre áreas úmidas da pele, em qualquer região ou dentro do corpo. Se não são tratadas, as pessoas permanecem infecciosas para outros por cerca de 2 anos a partir da infecção inicial.

 

A sífilis facilita a transmissão do HIV e, às vezes, o HIV pode tornar a sífilis mais difícil de ser tratada.

Quais são os sintomas?

A fase inicial da sífilis pode passar desapercebida. Muitas pessoas não apresentam nenhum sinal de que estão infectadas. A sífilis pode fazer com que algumas pessoas se sintam muito doentes, especialmente no “estágio secundário”, com erupção cutânea e febre. O terceiro estágio pode se desenvolver muitos anos após contrair a infecção e pode ter consequências sérias para a saúde. É recomendável evitar a contaminação desta STI com a realização do teste e administração do tratamento. A melhor maneira de saber com certeza se você tem sífilis é fazer o teste.

 

Existem 3 estágios para a infecção por sífilis:

 

1. Sífilis primária (sífilis infecciosa inicial)

 

Entre 10 dias e 3 meses após a exposição, aparece uma pequena ferida ou úlcera (chamada de cancro). A ferida aparecerá na parte do seu corpo onde a infecção foi transmitida, geralmente no pênis, ânus, reto, vagina, língua ou lábios. A maioria das pessoas só tem uma ferida, mas algumas pessoas têm mais. Em muitas pessoas, a ferida é indolor, mas nem sempre. Você também pode ter inchaço nas glândulas linfáticas (como no pescoço, na virilha ou nas axilas). A ferida então desaparecerá entre 2 e 6 semanas e, se a condição não for tratada, a sífilis passará para o segundo estágio.

 

2. Sífilis secundária

 

Os sintomas da sífilis secundária começam algumas semanas após o desaparecimento da ferida. 

 

Nesta fase, os sintomas comuns incluem:

 

  • uma erupção cutânea não pruriginosa que aparece em qualquer parte do corpo, mas geralmente nas palmas das mãos ou nas solas dos pés;
  • cansaço;
  • dores de cabeça;
  • glândulas linfáticas inchadas;
  • problemas oculares como dor ou visão embaçada.

 

Esses sintomas podem desaparecer dentro de algumas semanas ou ir e vir por um período de meses.

 

A sífilis passará então para um estágio onde você não terá sintomas, embora continue infectado, chamado de “sífilis latente”. Você ainda pode transmiti-la durante o primeiro ano desse estágio. No entanto, depois de alguns anos, não será mais possível transmitir a infecção para outros, embora continue infectado.

 

O estágio latente pode persistir por muitos anos (até décadas) depois de se infectar pela primeira vez. Sem tratamento, a sífilis latente pode passar para o estágio mais grave, a sífilis terciária.

 

3. Sífilis terciária

 

Os sintomas da sífilis terciária dependem da parte do corpo por onde a infecção se espalha. Por exemplo, ela pode afetar o cérebro, nervos, olhos, coração, ossos, ele ou vasos sanguíneos, podendo causar uma série de doenças que limitam a vida.


Neste estágio, a sífilis não tratada pode ser suficientemente grave a ponto de causar a morte. Se você estiver correndo risco, a realização do teste será essencial para evitar chegar a este estágio, pois poderá ser tratado precocemente e assim evitar o desenvolvimento da sífilis terciária posteriormente, mesmo muitos anos depois.

Como é um teste de sífilis?

O teste de sífilis consiste na coleta de uma amostra de sangue e, às vezes, em um exame de swab em uma ferida, se houver.

 

Fazer o teste é a única maneira confiável de saber se você tem sífilis. Se apresentar qualquer um dos sintomas da sífilis, vá até a sua clínica de saúde sexual o mais rápido possível, especialmente se notar alguma dor em seu órgão genital. A sífilis em sua fase inicial é mais fácil de ser tratada. Se você se sente mal com frequência e acha que corre um maior risco de contrair sífilis, faça o teste.

Como é o tratamento?

A sífilis é tratada com antibióticos (geralmente, penicilina). O tratamento normalmente é administrado por injeção e pode incluir uma ou mais doses, dependendo do tipo de sífilis e do estágio da infecção.

 

Assim que o tratamento terminar, mais exames de sangue devem ser realizados para garantir que a infecção foi eliminada. Os exames podem ser exigidos em intervalos de até 1 ano. Esses exames de sangue são importantes para monitorar a sua resposta ao tratamento.

 

O(s) seu(s) parceiro(s) também deve(m) fazer o teste de sífilis. Como a IST é difícil de ser detectada em seus estágios iniciais, pode ser que eles não percebam que estão com a infecção. Independentemente disso, eles podem receber tratamento.

 

Enquanto estiver sendo tratado e até receber um resultado atestando que você não está infectado, faça o seguinte:

 

  • não mantenha nenhum tipo de relação sexual;
  • evite o contato íntimo com o seu parceiro e com os outros.

 

Isso o impedirá de infectar seu(s) parceiro(s) e também que você seja reinfectado se ele(s) também tiver(em) sífilis.

SER TESTADO
PRECISO FALAR
BAIXAR ESTA SECÇÃO
VER FOLHETO
EMERGENCY EXIT