Vamos falar sobre… Sexo oral?

Vamos falar sobre sexo oral? (boquete)

Quando você estiver chupando:
É teoricamente possível contrair HIV fazendo sexo oral no parceiro, mas a probabilidade de isso ocorrer é muito baixa. Ninguém sabe exatamente o quanto é arriscado, em parte porque a maioria dos homens que o fazem também praticará outras formas de sexo e é impossível saber qual ato sexual é responsável pela transmissão do HIV.

 

A razão pela qual o sexo oral é muito mais seguro que o sexo anal é que a garganta não é tão vulnerável à infecção quanto o reto. A saliva tem propriedades que podem desabilitar algumas infecções, incluindo o HIV, e, portanto, é necessário que haja muito HIV presente para a ocorrência da infecção. Além disso, a boca e a garganta não são tão eficientes na absorção de líquidos para a corrente sanguínea como o revestimento do reto. Mesmo se você engolir esperma, qualquer HIV que possa estar lá geralmente será morto pelos fortes ácidos no seu estômago.

 

Embora o risco de infecção pelo HIV seja bastante baixo, outras ISTs podem ser facilmente transmitidas através do sexo oral, como clamídia, gonorreia, herpes ou sífilis. Esses riscos podem ser evitados usando um preservativo para sexo oral.

 

Há uma chance de pegar hepatite B através do sexo oral se você não foi vacinado. Se você tiver uma IST em sua garganta, você estará mais vulnerável à infecção e as chances de contrair HIV ou hepatite B aumentarão.

 

Quando você estiver recebendo:

Ninguém nunca contraiu HIV ao receber sexo oral. No entanto, você pode estar vulnerável às outras ISTs, como clamídia, gonorreia, herpes e sífilis. Isso ocorre porque todas essas ISTs são muito mais infectantes que o HIV.

 

Para evitar as chances de contrair uma IST, você deve usar um preservativo para sexo oral. Como a maioria dos homens escolhe não fazer isso, é aconselhável fazer um exame regular de saúde sexual para garantir que todas as infecções que você possa contrair sejam detectadas e tratadas rapidamente.

SER TESTADO
PRECISO FALAR
BAIXAR ESTA SECÇÃO
VER FOLHETO
EMERGENCY EXIT